Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Altice Empresas

Conheça e inspire-se para fazer crescer o seu negócio. Siga as últimas tendências tecnológicas, tudo o que precisa para digitalizar o seu negócio.

Prepare a empresa para os saldos de inverno 2020

Prepare a empresa para os saldos de inverno 2020

O Natal já passou e as empresas estão prontas para enfrentar os últimos dias de dezembro com a campanha que dá início à época de saldos de inverno. O grande objetivo é conseguir escoar o stock de alguns produtos bem como aproveitar a procura dos consumidores por produtos a preços mais baixos. Mas as empresas também podem tirar partidos dos preços baixos para se modernizarem.

 

Há empresas que antecipam, com uma redução de preço em alguns produtos, mas a época de saldos em Portugal tem regras estipuladas por lei e, apesar de ser no último mês do ano, arranca com os saldos de inverno. Começa em dezembro e prolonga-se até janeiro.

 

Recorde que desde outubro existe nova legislação que regulamenta os saldos e promoções às quais convém estar atento. O Decreto-Lei n.º 109/2019, que entrou em vigor a 13 de outubro de 2019, simplifica e harmoniza os procedimentos que os comerciantes devem cumprir sempre que comunicam à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica que pretendem realizar vendas em saldo ou em liquidação. 

 

Vale a pena recordar que agora ficou mais clara a distinção entre saldos e promoções. No saldos está contemplada a venda de produtos "praticada a um preço inferior ao preço mais baixo anteriormente praticado no mesmo estabelecimento comercial, com o objetivo de promover o escoamento acelerado das existências". Já no capítulo das promoções, trata-se de uma "venda promovida com vista a potenciar a venda de determinados produtos ou o lançamento de um produto não comercializado anteriormente pelo agente económico no mesmo estabelecimento comercial".

 

Ou seja, a lei proíbe que um produto novo seja integrado na campanha de saldos podendo, no entanto, estar claramente rotulado como promoção e de acordo com as regras definidas. Os novos produtos em promoção têm de ser vendidos "a um preço inferior ao preço a praticar após o período de redução ou com condições mais vantajosas do que as utilizadas após este período".

 

Mas as empresas têm de se preparar ainda, tal como vão fazendo ao longo do ano, para enfrentar a concorrência dos sites internacionais que, além de outras vantagens no que respeita a escala, respondem a regras, também elas, diferentes. Mas agora, com as reduções de preço, é preciso estar ainda mais atento para conseguir sobressair nas vendas com uma oferta de preço e serviço mais vantajosos.

 

Tecnologia nos saldos 2020

A procura em saldos é variada e uma grande maioria tenta encontrar produtos de tecnologia a preços reduzidos, mas os saldos atraem os consumidores atentos a oportunidades nos mais diversos setores. Smartphones, acessórios, Smart TVs, PCs, projetores e tablets são algumas das oportunidades na época de saldos 2020. Por um lado as marcas querem vender os lotes de produtos em stock e, por outro, com o novo ano há a promessa de novos modelos que fazem descer o preço dos antecessores.

 

Mesmo para as empresas, esta pode ser uma boa oportunidade para substituir o parque informático ou os telemóveis dos colaboradores para modelos mais competitivos.

 

Se ainda não se preparou, faça a lista de desejos e comece a pesquisar, recolha os preços e compare-os com as oportunidades que estão a caminho nos saldos de inverno 2020. Afinal, melhorar a digitalização da sua empresa ajuda-o a tornar-se mais competitivo na próxima época de saldos.

 

Pesquisar

 

Newsletter