Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Altice Empresas

Conheça e inspire-se para fazer crescer o seu negócio. Siga as últimas tendências tecnológicas, tudo o que precisa para digitalizar o seu negócio.

Trabalho e tecnologia: uma parceria para o futuro

Trabalho e tecnologia: uma parceria para o futuro

 

A automação em escala está entre as maiores tendências operacionais em 2022. A conclusão é do mais recente Tech Trends, que avança ainda que este fenómeno irá libertar os funcionários das empresas para tarefas mais especializadas. O relatório publicado pela Deloitte no final de março revela ainda que os receios em torno da inteligência artificial eram, afinal, infundados. Em vez de substituir a componente humana, esta continuará a permitir dotar os colaboradores de novas competências, o que se traduz numa maior vantagem competitiva no mercado por via da diferenciação.

 

A troca do homem pela máquina não é, de todo, um receio recente, tendo-se feito sentir em momentos de grande disrupção como a revolução industrial ou a mais recente revolução informática da década de 1980. Na verdade, a evolução tecnológica e, nos últimos anos, a transição digital vieram provar que na maioria dos casos a máquina não poderá ocupar o lugar do Homem, mas será sim um motor de transformação do trabalho. A inteligência artificial, a realidade aumentada e virtual ou o metaverso - apenas alguns exemplos com os quais as empresas deverão vir a lidar nos próximos tempos - irão contribuir para um incremento da produtividade, através do estímulo da criatividade e do desempenho de tarefas mais complexas e menos mecânicas, entre as quais a resolução de problemas em situações até aqui desconhecidas.

 

No futuro próximo, as skills de TI (Tecnologias de Informação) não serão suficientes e a estas terão de se juntar uma maior literacia e numeracia, e sobretudo competências de autonomia, colaboração e coordenação.

 

Do escritório ao trabalho remoto

 

A tradicional secretária na sede ou filial da empresa é uma imagem cada vez mais distante quando se fala em trabalho. Apesar de não serem novos, os conceitos de trabalho remoto e trabalho híbrido ganharam um maior peso com a pandemia de Covid-19 e, sobretudo no último ano, esta está a ser a escolha de um crescente número de empresas, independentemente do setor ou da dimensão. A mobilidade, de que são exemplo os nómadas digitais, torna as empresas mais dispersas geograficamente, exigindo a adoção de ferramentas que assegurem a eficiência e segurança do trabalho a partir de qualquer lugar e dispositivo. Estas otimizam a colaboração dentro e fora da empresa, através de diversas aplicações como email profissional da empresa, reuniões online, partilha e sincronização segura de ficheiros e redes sociais de trabalho.

 

À distância na nuvem

 

O relatório da consultora Deloitte aponta ainda o cloud computing como uma tendência tecnológica que veio para ficar. De acordo com o Tech Trends 2022, a grande preocupação dos fornecedores destas soluções será disponibilizar ofertas verticais, capazes de ir ao encontro das necessidades específicas de cada empresa, contribuindo assim para a sua produtividade, inovação e diferenciação.

 

Apesar de não ser uma tecnologia nova, o cloud computing deixou de ser uma prioridade para se tornar numa premência das empresas. Em causa estão as suas inúmeras vantagens, como a flexibilidade, a segurança e o acesso a um conjunto de aplicações de produtividade como um serviço, que ganharam ainda mais importância durante a pandemia, nomeadamente com as exigências de mobilidade e trabalho remoto. Ainda não faz parte deste grupo de empresas?

 

Para as empresas que necessitem de combinar clouds públicas com privadas, a Altice Empresas disponibiliza uma oferta pioneira com a solução Cloud Híbrida Azure Stack Hub que alia os benefícios da Cloud Azure a uma cloud privada pela sua utilização em ambiente seguro no Data Center Altice da Covilhã. Adicionalmente, responde ainda aos requisitos de baixa latência e de conectividade ao processar todos os dados localmente. A solução inclui também o acesso a um portal multicloud para uma visão e gestão unificada de todos os consumos e serviços em tempo real, com controlo e previsibilidade de custos.

 

Uma questão de segurança

 

Os modelos de trabalho remoto e híbrido trazem um maior risco no que toca à cibersegurança, o que ficou bem patente em 2021. Segundo a Check Point Research, as organizações portuguesas sofreram em média 881 ataques informáticos por semana, o que representa um crescimento de 81% face a 2020. Erro humano, iliteracia no que toca a práticas seguras de trabalho e inexistência de sistemas capazes de bloquear acessos indevidos estão entre as razões para este incremento do cibercrime. Há, pois, uma crescente necessidade de tomar medidas através da implementação de tecnologias que garantam a segurança em rede e em cada posto de trabalho.

 

Por forma a garantir a máxima proteção da atividade das empresas, a Altice Empresas disponibiliza uma oferta diversificada de soluções, como a Cloud Security que oferece proteção ativa anti-malware, prevenção de intrusão e controlo da transferência de dados dos equipamentos dos colaboradores, bem como restauro dos sistemas em segundos. Entre outras vantagens, destaque para a proteção avançada de quaisquer sistemas, aplicações ou plataformas tecnológicas, com recurso a modelos de inteligência artificial.

 

No trabalho remoto ou em mobilidade o acesso seguro aos recursos da empresa é fundamental. É isso que oferece o serviço Teamwork - um acesso remoto de forma segura a todos os recursos IP disponíveis na rede corporativa do cliente, a partir de múltiplas plataformas (PC, tablets ou smartphones) ligadas à internet. Por outro lado, a solução Mobile Device Management torna-se, neste contexto, fundamental para a gestão remota e centralizada de smartphones e tablets, garantindo a informação atualizada e sempre disponível nos equipamentos dos colaboradores. A combinação destas soluções com a cloud permite o acesso aos sistemas corporativos com total segurança, reduzindo o risco de se perder informação.

 

Da realidade aumentada ao metaverso

 

O recurso à realidade aumentada não se limita ao lazer. O mundo empresarial mantém já uma relação, se bem que ainda relativamente recente, com esta tecnologia que introduz no mundo real objetos virtuais com os quais é possível interagir. A chegada do 5G vem acrescentar valor a esta tecnologia, uma vez que a maior velocidade e a menor latência contribuem para experiências mais imersivas, sem quaisquer interrupções. As aplicações da realidade aumentada são inúmeras, indo da assistência remota às vendas à distância, aplicando-se igualmente aos setores do turismo e da cultura. Veja-se o exemplo português do Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos, espaço museológico que exibe um achado arqueológico de tinturarias marroquinas através de realidade aumentada e experiências 360º imersivas.

 

Se a realidade aumentada tem ainda muito a explorar na área do trabalho, que dizer do metaverso? Esta tecnologia que começa a despertar o interesse das gigantes tecnológicas e outras grandes empresas e marcas é um dos maiores desafios dos próximos anos. Não foi por acaso que a Facebook mudou o seu nome para Meta. Já visto como a internet em 3D, o metaverso promete revolucionar não apenas as redes sociais e o lazer, mas também o mundo empresarial. As aplicações são das mais variadas, incluindo ambientes de trabalho mais aprazíveis, a possibilidade de realizar várias tarefas em simultâneo – já imaginou ficar em casa a terminar um relatório enquanto envia o seu avatar a uma reunião? – ou treino e formação mais rápidos e imersivos. O metaverso contribuirá ainda para o desenvolvimento e criação de novas profissões no campo da programação e não só. A própria economia será também ela afetada por este mundo paralelo, onde tudo é possível, o que inclui até o recurso a moeda virtual e novas formas de fazer negócio.

 

Do cloud computing ao metaverso, não há dúvida de que a transição digital tem ainda muitos e longos passos rumo ao futuro. Um futuro no qual o mundo empresarial marcará presença, com vantagens inequívocas para a produtividade e o trabalho.

 

Artigos Relacionados

  • 5G: peça essencial para a construção do Metaverso

    5G: peça essencial para a construção do Metaverso

    O Metaverso promete ser o próximo passo no caminho da transformação digital, em linha com as tendências disruptivas que já se fazem sentir - algo que não seria possível sem o 5G. Saiba mais

  • A evolução quântica para dar resposta aos desafios de cibersegurança

    A evolução quântica para dar resposta aos desafios de cibersegurança

    Nos próximos dez anos, aquilo que hoje é visto como seguro e impossível de quebrar, será fácil de ultrapassar. As empresas devem olhar para o futuro e preparar-se para uma revolução na área da cibersegurança. Saiba mais

  • A chave do futuro é digital

    A chave do futuro é digital

    Na era digital em que vivemos, a analítica, a inteligência artificial e o machine learning parecem ser não só indispensáveis, como a chave para a diferenciação e competitividade das empresas. Saiba mais

Soluções Recomendadas

  • 5G

    5G

    Experimente o poder do 5G e sinta a diferença que faz nos negócios da sua empresa, ao suportar novos processos digitais para promover o seu crescimento e inovação. Saiba mais

  • Mobile Device Management

    Mobile Device Management

    Reduza o risco de perder informação sensível e aceda à rede da empresa em segurança. Informação atualizada e sempre disponível nos equipamentos. Saiba mais

  • New Reality Experience

    New Reality Experience

    Ofereça experiências imersivas únicas aos seus clientes ou visitantes através de tecnologias inovadoras e interativas, como a Realidade Aumentada, Realidade Virtual, 3D e Gamification. Saiba mais

Pesquisar